O projeto pela Peac (Programa Emergencial de Acesso a Crédito) teve em 2020 uma ajuda gigantesca no comercio ajudando em media 100 mil empresas, já este ano os recursos foram menores podendo ajudar somente quem realmente precisa como alguns comércios de turismo, bares e lanchonetes mudando não somente as restrições como o publico alvo, como disse da Costa o projeto foi criado para ajudar quem estava em crise com a pandemia. O projeto não estava previsto para agora mas por corta de muitos pedidos  da população com a nova onda do novo covid-19 o projeto esta sendo reavaliado e reajustado para ter uma voltar o quanto antes.

Como no projeto anterior o governo ofereceu garantia as instituições financeiras assim tendo mais segurança pois com menos inadimplência ficou mais fácil emprestar, tendo também novas restrições na quantia de empréstimo que pretende ser em media 30% bruto tendo o acréscimo pela Selic de 6% para operações contratadas ate a data estipulada . Nos empréstimos feitos pelo Pronampe  no final do ano passado, o índice era de Selic mais 1,25%.

FONTE: PROAGIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *